POEMAS CULTURA
comentar
publicado por dengue DENGUE, em 02.05.11 às 21:22link do post | favorito

 

 

 

 

 

TRUCO

 

Essas músicas me deixam na aurora,

Esquecer do amanhecer e da loucura

Que sentia quando não se tem nada para comprar

E comendo coisas para se engordar

Com o braço doendo de tanto trabalhar

E essa rima nunca vai parar,

Assim eu fico sem ar,

E sem ares.

 

Estou encantado,

Apaixonado,

Isolado

E loucamente irônico com tudo.

 

E eu não acho engraçado

Essas mudanças de humor;

 

E essa sabedoria.

Não me faz bem,

Nem fisicamente,

Nem mentalmente,

E não estou sendo irônico dessa vez.

 

Como estou emocionado,

Essa musica me deixam na aurora,

É musica de qualquer Rita,

 Como a menina da lua.

 

Que lindo solo de teclado

E violão clássico de orquestra,

Cantora maravilhosa,

Filha de uma rainha sem eles.

E que sincera a melodia

 

E meu sentimento

Que sinto

 Por não sentir nada

Do que fará diferente

Entre hoje e amanhã.

 

Eu danço,

Eu remexo,

Eu fico alegre

e penso em você.

 

Num momento mais forte

Eu bato palma

E chacoalho o esqueleto.

 

Meu cachorro late

E a curiosidade é enorme

 para saber qual é a próxima música.

 

Agora é capoeira

E levante a poeira

Do copo de suco

E agora minha visão ficou ruim

 

E chegou dezembro

É fim de ano,

É sentimento sem explicação.

E não posso parar esse poema tão bonito.

Pois esta sendo divertido.

 

Mas estou sozinho.

Sozinho de carne e osso

E de alma.

 

Costumo ser assim:

Alegre com que escrevo,

Triste para quem ler

e não entender.

 

Vou presentear meus amigos

Com pequeninos livros de minha autobiografia.

É de natal e ano novo

Novamente novo.

Será que é novo

Ou só a continuação da solidão?

 

Olha o sol,

E meu time é campeão.

 

E algumas pessoas

Foram numa chácara

Ver pé de café;

E barro para todo o lado.

 

Não sei se devo falar

Que estou com uma dor de estomago.

Dói muito.

Uma dor suportável

 

Eu quero novamente aquela emoção,

E canções me ajudam a libertar reações químicas.

 

 

E agora

Vou dar uma volta

Para esticar as pernas

E fazer digestão

De palavras inúteis

Que acabei de escrever.


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 02.05.11 às 21:12link do post | favorito


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 02.05.11 às 21:02link do post | favorito


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 02.05.11 às 20:38link do post | favorito

FRAUDINHA EM:

 

PÉ INCHADO 

 

 


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 15.04.11 às 22:22link do post | favorito


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 05.04.11 às 22:51link do post | favorito


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 05.04.11 às 22:44link do post | favorito

TERAPIA

 

essa doença esta me deixando com dor de ouvidos e com um sono profundo

que estou perdendo meu emprego e o meu desespero

é remédio contra aids, câncer e tuberculose.

esta doendo já faz uma semana

e o que eu gosto mesmo é de Expectorante 500mg.


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 05.04.11 às 22:38link do post | favorito


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 05.04.11 às 22:38link do post | favorito

DECEPÇÃO DE UM AMOR

 

estou num sentimento tão confuso

que estou sendo levado

pela minha razão e pelo meu coração

 

pensei que eu estaria preparado por uma decepção amorosa

 

pensei que eu era forte como um trator de furacões das paixões.

 

mas aquela menina

que sempre vinha com sorrisos e alegrias

 

ou talvez,

sejam apenas mentiras

para disfarçar a raiva que você tem por mim.

 

e tiro a conclusão

que é sempre bom trabalhar

com hipóteses e não ser egoísta.

 

agora estou num sentimento tão estranho

que eu não consigo chorar por tudo que está acontecendo...

 

e você me apega no mesmo tempo que me joga fora.

e isso não se faz com as pessoas que te amam

não as usem como se fossem objetos de roupas.

 

hoje não quero a sua compaixão idolatrada pelas amigas

 

e que não seja mais ridícula pelas decisões dos outros.

porque minha intenção foi apenas me apaixonar por você

sem medir as conseqüências nela depositada.

 

Eu não sabia que você iria me transformar

Num monstro horrível de bondade.

 

 

 

então,

Naquela noite

fui caminhando para o hospital,

porque meu psicólogo disse

que tenho problemas de alergias e solitária.

 

e tirei a conclusão

que eu realmente tenho problemas de personalidade,

 

mas a metade da culpa é de pessoas que não sabem me amar.

 

você já tem a vida feita

é mimado pelos pratos de ouros e choros

sou só um pobre coitado e pobre.

 

e meu coração é um furacão,

minha razão é o culpado,

e o meu sofrimento é usado para dormir...

ou não.

 

Mas pensando em tudo

adoro tudo

tudo isso que acontece comigo

porque posso nelas dizer

que sou verdadeiro, fiel e maduro.

 

descobri que a minha auto-estima está acima de você

seu estúpido sentimentalista e afetivamente estúpida.

 

adeus e adeus

e não me apaixonem jamais,

pois sou demais para qualquer pessoa.

 

agora sim eu posso ser feliz.


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 05.04.11 às 22:30link do post | favorito

 

 


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 05.04.11 às 18:49link do post | favorito
estou num sentimento tão confuso

que estou sendo levado
pela minha razão e pelo meu coração


pensei que eu estaria preparado por uma decepção amorosa
pensei que eu era forte como um trator de furacões das paixões.


mas aquela menina
que sempre vinha com sorrisos e alegrias
me entristeceu com noticias triste de sua vida

ou talvez,
sejam apenas mentiras
para disfarçar a raiva que você tem por mim.
e tiro a conclusão
que é sempre bom trabalhar
com hipóteses e não ser egoísta.


agora estou num sentimento tão estranho
que eu não consigo chorar por tudo que está acontecendo...

e você me apega no mesmo tempo que me joga fora.
e isso não se faz com as pessoas que te amam
não as usem como se fossem objetos de roupas.


hoje não quero a sua compaixão idolatrada pelas amigas
e que não seja mais ridícula pelas decisões dos outros.


porque minha intenção foi apenas me apaixonar por você
sem medir as conseqüências nela depositada.


Eu não sabia que você iria me transformar
Num monstro horrível de bondade.


Então,
Naquela noite
fui caminhando para o hospital,
porque meu psicólogo disse
que tenho problemas de alergias e solitária.
e tirei a conclusão
que eu realmente tenho problemas de personalidade,
mas a metade da culpa é de pessoas que não sabem me amar.




você já tem a vida feita
é mimado pelos pratos de ouros e choros
sou só um pobre coitado e pobre.


e meu coração é um furacão,
minha razão é o culpado,
e o meu sofrimento é usado para dormir...

ou não.

Mas pensando em tudo
adoro tudo
tudo isso que acontece comigo
porque posso nelas dizer
que sou verdadeiro, fiel e maduro.

descobri que a minha auto-estima está acima de você
seu estúpido sentimentalista e afetivamente estúpida.


adeus e adeus


e não me apaixonem jamais,
pois sou demais para qualquer pessoa.


agora sim eu posso ser feliz.


De: Imperasdor

comentar
publicado por dengue DENGUE, em 05.04.11 às 18:43link do post | favorito
essa doença esta me deixando com dor de ouvidos e com um sono profundo



que estou perdendo meu emprego e o meu desespero


é remédio contra aids, câncer e tuberculose.


esta doendo já faz uma semana


e o que eu gosto mesmo é de Expectorante 500mg.

De: Imperador

comentar
publicado por dengue DENGUE, em 25.03.11 às 19:14link do post | favorito
Não sou maloqueiro

não sou ladrão
eu ando rasgado
só por diversão
presidente é rico
ele tem dinheiro
enquanto os pobres,
vivem sofrendo
Eu vou no Jô Soares,
para dar uma entrevista
Falar que a rede Globo
é uma grande vigarista


Sou revoltado,
sou um doidão
Saio de casa pelado,
Porque esqueci o calção


De: Imperador

comentar
publicado por dengue DENGUE, em 12.03.11 às 15:50link do post | favorito
Uma das coisas sem volta é a palavra, depois de dita.
Ao ouvir algo pacóvio percebi minha solidão íntegra, era um chapéu que não tinha meu número.
Mas da boca que originaram tais palavras preferi ir embora pra evitar algo mais belicoso.
Em casa, ouvi outras palavras, peguei caneta e papel para não perdê-las de vista.
Era um mestre e seu aprendiz, este dizia:

-Essa é sua última lição: não cometa o crime pelo qual cumpre sentença.
-Usarei tudo isso para minha vingança, respondeu o aprendiz.
-Deus diz: a vingança será minha.
-Eu não acredito em Deus, responde o aprendiz sem esperança.
-Mas ele acredita em você, concluindo estas em seus últimos suspiros.

de: Rei

comentar
publicado por dengue DENGUE, em 28.02.11 às 14:48link do post | favorito

NO MEIO DO METRÔ

 

 

   

 

Hoje eu vi a perfeição em pessoa

Entrando dentro do metrô

Era uma morena da minha altura

Lábios bem carnudos

E no trem apertado

Ela ao meu lado

E eu encostado ‘meio’ sem querer

Em seu bumbum

Tive a sensação que ela tivesse um orgasmo

E então eu brochei.

 


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 28.02.11 às 13:11link do post | favorito
essa sensibilidade

alegre, doida e humilhante
me deixa com medo e confuso
isso é uma coisa muito surreal,
real.

De:Imperador


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 28.02.11 às 13:04link do post | favorito
Não gosto dessas horríveis borboletas

são chatas, deprimentes


difícil de se entender
e fácil de derrotar

De: Imperador

comentar
publicado por dengue DENGUE, em 28.02.11 às 13:00link do post | favorito
Meus amigos me apresentaram
uma linda loira de olhos verdes
me deu um beijo e foi embora.

Aquilo me deixou alegre
Era a tentação do capeta
uma mulher não era suficiente,
eu quero mais um beijo.



Meus amigos me apresentaram
uma linda morena de olhos escuros
me deu um beijo e foi embora.
Aquilo me deixou tonto
era a tentação do capeta
Duas mulheres não eram suficientes,
eu quero mais beijo.

Meus amigos me apresentaram
Uma linda ruiva de olhos azuis
Aquilo me deixou completamente perdido
Parecendo que minha noite estava completa
Veio uma mulher branca
Cabelos preto, vestido vermelho.
Passou a mão em meu pênis
Seus seios em meu rosto
E acabei no chão

Essas mulheres são irresistíveis
Nos deixam alegres, quando estão conosco.
E triste quando vão embora
Muitos dos seus beijos
Nos deixam num sono profundo e perigoso
Mas todas nos deixam com dor de cabeça
E com uma ressaca muito doida.


DICIONARIO:


LOIRA-cerveja

MORENA-catuaba

RUIVA-vinho

BRANCA-pinga

MULHER-bebida alcoólica

de: Imperador

comentar
publicado por dengue DENGUE, em 28.02.11 às 12:57link do post | favorito
 

comentar
publicado por dengue DENGUE, em 22.02.11 às 13:01link do post | favorito
Já desacreditado não compartilha mais a força que te move e locomove
Aprende a ler em silêncio a sutileza da harmonia
Então transpõe em brando sorriso a tranquilidade quântica
Sem convite oferece o oposto para trazer a Luz
Percebe que no fim das contas não se esconde sentimentos ou se traduzem palavras
De olhos fechados eu vejo melhor

de: Rei



comentar
publicado por dengue DENGUE, em 07.02.11 às 21:17link do post | favorito

 

 

Gostar de rock(é claro!)

Use camisa de bandas punks ou preta toda rabiscada, use calça jeans de couro justa

Nas roupas coloque: alfinetes, patches, lenços à mostra no bolso traseiro da calça, jaquetas de couro com rebites e mensagens inscritas nas costas!

 

Use os coturnos pretos que seu vizinho que trabalha numa mina de carvão ia jogar fora

 

A filosofia é pelo uso de uma aparência que seja desleixada, "artesanalmente" adaptada e que carregue alguma sugestão ou similaridade com o punk sem necessariamente utilizar os itens tradicionais do estilo.

Só use roupas velhas, lembre-se roupas sem furos são coisa de playboys

Use correntes, muitas correntes e se possível use mais correntes ainda.

Escute bandas punks tipo , ramones, sex pistols, ratos de porão, garotos podre entre outras

Desprezar todos os tipos de músicas que não seja rock

 

Não dirigir a palavra com pagodeiros, funkeiro entre outros,caso você encontre um deles na rua.

 

Punk gosta de guitarra e bateria

 

Beba cerveja, pinga, wiskhy bebidas com álcool e use todas as drogas possíveis, mesmo que algumas acabem matando você. Nunca jamais beba Coca-Cola prefira um similar alucinógeno

 

Use brincos, tatuagens, piercing.

 

Faça um corte feio no cabelo ou moicano, (colorido ou espetado, etc) ou espetado por inteiro (dos lados, atrás e em cima), moicano sempre estão em alta.

Tinja o cabelo.

 

Tenha o comportamento normal, mas olhe de cara feia pra todo mundo, e se alguém olhar pra encarando, tire satisfação, xingue, e de um soco ou empurrão.

 

Se você ainda e estudante, mate aula, pule o muro, xingue o professor, brigue, com os play boys, emos, menos skinheads porque eles agem em grupos.

 

Faça de tudo para que você pegue a fama de mal, de um jeito de ter problemas com a policia.

 

Quebre coisas. Queime coisas. Piche coisas.

Depois de quebrar, queimar e pichar as coisas urine em cima em sinal de protesto!

 

Dê pedrada nas pessoas, se elas perguntarem porque você fez isso diga: "O sistema é uma merda".

 

Lembre-se que mesmo punks tem que ter um meio de renda para se alimentar, de preferência você deve abrir uma lojinha tosca de fanzines. Nada de camisas dos Ramones, nem botons e muito menos coisas não contrabandeadas.

Se a lojinha der lucro e você ficar rico quebre toda a loja, depois queime, então piche e urine em cima da loja em sinal de protesto.

 

Tenha atitude, embora ninguém saiba o que isso significa.

Diga para as pessoas que elas não têm atitude depois cuspa nelas.

Eventualmente tente convencer as pessoas a se tornarem punks.

 

Só ande com punks, na falta deles fique andando sozinho de um lado pro outro.

 

Proteste contra o Estado. Lembre-se nenhum maldito governo capitalista ocidental pode ser bom.

 

Compre pôster, camisas e tudo que achar do Che Guevara.

 

Diga para as pessoas que você fugiu de casa com 08 anos pra viver em um depósito do governo abandonado.Se você ainda não fugiu de casa de verdade, então fuja agora seu amador!

 

Piche tudo o que puder com um "A" de anarquia, mesmo que seja o seu quarto,

Aliás, você nem deveria ter um quarto, deveria morar em um galpão abandonado do governo!

 

Não tome banho, mesmo que você esteja fedendo, mesmo que tenha assaduras e mesmo que tenha micoses.

Não limpe a bunda. Usar papel higiênico é um ato de apoio ao sistema e ao capitalismo.

 

Procure ser preso o máximo de vezes possíveis. Lembre-se cada vez que você é preso está fazendo algo realmente punk.

Mas lembre-se que seus crimes devem ser leves, pois um punk jamais fugiria da cadeia. Seja preso por bebedeiras e por andar pelado.

 

 

A sociedade quer que você use camisinha, então não use, Aids só pega uma vez mesmo é igual catapora.

 

 

NÃO SOU CONTRA PUNK

GOSTO MUITO DA IDEOLOGIA

MAS ESSE É UM PROTESTO CONTRA PUNK

POIS Á MUITO RÓTULO ENTRE ELES

NÃO LEVEM A SÉRIO POR FAVOR!

 

 

 

 


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 07.02.11 às 21:06link do post | favorito

 

 

 

 

 

Minha mulher trabalha num restaurante.

Como na maioria dos empregos, ela tem que fazer o serviço dela e de outros, o que torna o dia dela mais cansativo.

Também, o que torna cansativo é a ida e a volta de casa para o trabalho: demora em torno de 2 horas ou mais (e na maioria precisa ficar de pé no ônibus lotado).

Às vezes fica mais tempo no trabalho e não ganha hora extra e sim banco de horas( que pela CLT, não é lei)

Como o desemprego é grande e temos que sustentar a casa, não a outro meio a não ser se humilhar num emprego, mesmo sendo longe, e ganhar tão pouco.

O pior é que, além disso, ela faz serviço que era para ser do homem. Mas como a firma não quer contratar mais pessoas (para não haver gasto),as vezes ela tem que levantar bandejas pesadas de comida.

O que lhe agravou uma dor nas costas.

Então resolvemos ligar para o médico do convenio (pelo menos algo que nos ajude), para poder resolver a sua dor nas costas.

Mas a clinica marcou depois de 10 dias.

Para que ela não ficasse 10 dias em casa sem ir ao emprego (pois estaria perdendo dinheiro), resolvemos então ir ao hospital público (o que foi um erro).

Chegamos em torno de 10 horas da manha e pegamos a senha para marcar consulta.

Esperamos mais de 1 hora para ser atendido, mas a consulta estava marcada.

E quem pensa que foi um alivio para gente, foi um pesadelo.

Esperamos mais de 06 horas para chamar sua senha e ela já estava sentindo muita dor.

Resolvemos ir para casa e ela tomasse um remédio para dor e assim pudesse voltar ao seu trabalho no dia seguinte.

Na manha seguinte ela acordou com pouca dor e foi trabalhar

Passasse alguns minutos e volta a dor ainda pior.

Ela resolve ir novamente no hospital publico.

Resumindo a historia, ficamos mais de um dia para ser atendido, o médico lhe tratou mal, mas ficamos sabendo que era infecção muscular.

O médico disse para ela ficar em casa durante 01 semana, mas não lhe deu licença médica para os 07 dias e nem para os outros dias anteriores que estava no hospital.

 

 

 

 

Moral da historia:
somos palhaços, que passa mais de 12 horas fora de casa pois as conduções são poucas.

Os ônibus são lotados e demorados.

E os hospitais públicos demoram a atender, esperando a morte chegar morrem, assim é menos um na fila de espera.

 

 

 


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 07.02.11 às 20:56link do post | favorito


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 07.02.11 às 19:57link do post | favorito

Snuff Movies:

Morrer para ganhar dinheiro

FILME COM CENAS FORTES DE MORTES REAIS

  

 

 

Na maioria desses filmes são chamados de shockumentary que, na sua essência, é uma reunião de cenas, reais ou “fakes”, de mortes ou acontecimentos bizarros.

Há dois tipos de documentários: o MONDO CANE e o DEATH DOCUMENTARY, ou shockumentary

O primeiro se iniciou na década de 60, com o sucesso de crítica da dupla de cinegrafistas italianos Franco Prosperi e Gualtiero Jacoppeti

São documentários sonsos, na verdade, tratando sempre em desvendar os hábitos sexuais dos povos e como os mesmos lidam com a morte.

                         

O segundo, death-documentaries, são descritos ou comentados por um narrador. No clássico Faces of Death, é o ator Michael Carr, e no Death Scenes, temos a presença, como narrador, do Anton La Vey, criador da Igreja de Satã de São Francisco.

 

 

 

 

 

 

 

 

 


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 07.02.11 às 19:53link do post | favorito

 


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 07.02.11 às 19:36link do post | favorito

  

 

FILOSOFIA DE VIDA

 

 

 

 

Não sou maloqueiro

não sou ladrão

eu ando rasgado

só por diversão

 

presidente é rico

ele tem dinheiro

enquanto os pobres,

vivem sofrendo

 

Eu vou no Jô Soares,

para dar uma entrevista

Falar que a rede Globo

é uma grande vigarista

 

Sou revoltado,

sou um doidão

Saio de casa pelado,

Porque esqueci o calção

 

 

 

 

 


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 07.02.11 às 19:34link do post | favorito

 


comentar
publicado por dengue DENGUE, em 14.01.11 às 19:54link do post | favorito
Tecer o êxodo do pensamento
Compor simbolos e sinais
Caracteres da Luz sorvidas
Apadrinhadas no mérito sem análise de prefácio
Apenas sopro do mais puro intento

Voar com a brisa embalando minha tempestade
Escutando sons que equilibram o compasso
Tocar a melodia que silencia
Bailar em maestra liberdade
Com tudo aquilo que habita em mim

de: Rei

comentar
publicado por dengue DENGUE, em 01.12.10 às 00:33link do post | favorito
Retiro o manto de Morfeu
Ainda com as retinas estranhando velhas cores, renasço
Anestesiado e contido pela densidade
Minha mente contrasta meus ímpetos
Tênue limite orgânico
Pássaros não voam o tempo todo
Tampouco lagartas estão fadadas ao chão
Nenhum faraó retornou de seu leito embalsamado
Pois o amor altruísta faz vítimas
Se retornassem estariam sempre perdidos no tempo
Talvez aprenderiam tudo novamente
Talvez aprenderam e por isso permanecem em seu sono eterno

de: Rei

comentar
publicado por dengue DENGUE, em 30.08.10 às 16:50link do post | favorito
Um dia permitido como uma fantasia
Ainda que contido todo um percursso ancestral
Dominando as rédeas da nossa cumplicidade
Mas resumiu-se apenas pelo bem querer e pelo carinho

Me vale muito um sonho
Caminhando calmo, com pés no chão
Clareando a sensatez de esperar a flor virar fruto
Idependente de qual árvore a se tratar
Ambas cuja letra inicia-se primogênita do alfabeto

de: Rei

subscrever feeds
blogs SAPO
subscrever feeds